MAXI AGRO
Boi gordo continua com tendência de alta; arroba sobe R$ 2 em MS
16/08/2019 09:07 em Notícia

Segundo analista de mercado, a perspectiva para o curto prazo se apoia na difícil situação dos frigoríficos de menor porte

O mercado físico de boi gordo teve preços mais altos nesta quinta-feira, 15. Segundo o analista de Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, a tendência de curto prazo ainda remete a continuidade do movimento de alta, avaliando a difícil situação dos frigoríficos de menor porte.

“Os de maior porte ainda desfrutam de uma posição mais confortável, considerando a incidência de boi a termo e de outras modalidades de parceria. A oferta de animais terminados no geral é restrita, com os pecuaristas focados no cumprimento dos contratos pré-fixados”, diz.

Em São Paulo, preços a R$ 157 a arroba. Em Uberaba (MG), a R$ 148, estável. Dourados (MS), por sua vez, registrou negócios a R$ 146 contra 144 no dia anterior.  Em Goiânia (GO), a arroba subiu para R$ 145 contra R$ 144 antes. Em Mato Grosso, preço de R$ 142 a arroba, inalterado.

Atacado

No atacado, os preços da carne bovina ficaram estáveis. Conforme Iglesias, há pouco espaço para alta no curto prazo, diante de uma reposição mais lenta entre atacado e varejo ao longo da segunda quinzena do mês. “Por outro lado, a demanda para exportação segue aquecida, com uma latente necessidade de importação por parte da China, que segue em dificuldades em decorrência do surto de peste suína chinesa”, afirma.

O corte traseiro seguiu em R$ 11,15 o quilo. O corte dianteiro ficou em R$ 8,65 por quilo. Já a ponta de agulha permaneceu em em R$ 8,10 o quilo.

Fonte: Canal Rural

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!