SISTEMAS BASEADOS EM TECNOLOGIA DA COMUNICAÇÃO SÃO APRESENTADOS NA BAHIA FARM SHOW

Rastreamento de frota, sistemas de irrigação inteligente, pulverização e plantio controlados por satélite, e acompanhamento da previsão meteorológica são alguns dos muitos serviços baseados em sistemas de comunicação disponíveis na 14ª edição da Bahia Farm Show. A variedade de tecnologias existentes neste setor, facilita o levantamento de dados sobre a produção e contribui para a redução de custos.

O Sistema de Posicionamento Global (GPS) tem assumido um papel cada vez mais relevante na agricultura moderna. Diversas empresas trouxeram equipamentos, sensores e aplicativos que podem ser instalados em tratores, aviões e veículos. “O avião que trouxemos para a feira tem o processo de pulverização todo controlado por satélite. O produtor informa as coordenadas para o sistema, assim como a dosagem, a velocidade e outros dados. O sistema do avião envia e recebe informações do satélite para realizar o trabalho. Não tem margem de erro, por isso o agricultor ganha tempo e diminui o desperdício”, garantiu Fabiano Zaccarelli, da AeroGlobo Aeronaves.

“Nosso sistema é bem conhecido pela aplicação na área de segurança. Mas também trouxemos para a Bahia Farm Show soluções específicas para o produtor rural. O controle de frota é uma delas. Com esse serviço o produtor pode, em tempo real via celular, tablet ou notebook, saber se os funcionários estão fazendo o uso correto da frota da empresa. É um recurso importante para aumentar a eficiência”, informou Ana Paula, representante de vendas da Global System, empresa especializada em serviços de monitoramento via satélite.

Enquanto algumas propostas visam a troca de dados entre tratores e o sistema de controle via satélite, a empresa Piccin trouxe uma solução conjugada. “O nosso sistema, que é ISOBUS, padroniza a comunicação entre tratores e implementos. Ou seja, a gente usa a tecnologia que tem no trator e agrega a tecnologia nossa para ter comunicação com a do trator”, explicou Paulo Padilha. Nos terminais virtuais, o operador envia os dados para a nuvem (cloud computing), –  tecnologia que evita o armazenamento de dados na máquina -, as informações que ficam protegidas em um servidor, e remotamente, podem ser acessadas de qualquer lugar.

O expositor Marcelo Henrique, da empresa FertiSystem, apresentou, no pavilhão coberto do Complexo da Bahia Farm Show, um equipamento que simula o controle de um motor elétrico, que pode ser instalado em plantadeiras. “Via aplicativo, conectamos um tablet ou smartphone à parte eletrônica do motor. Configuramos as doses e outras calibragens. Vários sensores atuam durante a operação da máquina. É um equipamento fundamental para melhorar o processo de plantio das sementes e aplicação dos fertilizantes”, disse.

Fonte: Bahia Farm Show